Ora, direis, comer flores!

          Há mais de cem espécies de flores comestíveis. Uma dieta só de flor não sustentará ninguém, mas elas podem deixar o prato mais colorido, a mesa mais alegre e perfumada. Comecem, por exemplo, com os ipês amarelos, amores-perfeitos e lírios. Uma salada de flores tem vitaminas e não engorda.  O jardim é a mais nova fronteira agrícola num mundo faminto.

            Algumas flores já eram conhecidas e fazem parte da nossa mesa há tempos, só que não eram vistas como flores: a couve-flor, o brócolis, a cambuquira (flor de abóbora). Mas agora alguns restaurantes já oferecem capuchinhos, rosas, begônias, calêndulas, cravinas e verbenas-limão.

            A Athaea officinalis, da família das malváceas, já erra conhecida a séculos dos ingleses. Suas flores cor-de-rosa eram usadas em saladas e, da mucilagem das raízes, faziam doces: marshmallow. Além de servir como alimento também eram muito conhecidas por seu valor laxativo.

            No tempo da rainha Vitória servia-se pétalas de rosa cristalizadas, isto é, cobertas com clara de ovo, um pouco de água e açúcar. Rosas fazem parte das receitas de saladas, geléias e tortas chinesas há milênios.

            Evidentemente, as flores para comer não podem ser compradas em qualquer lugar, porque devem estar livres de agrotóxicos. E é preciso cuidado porque algumas flores são altamente venenosas, como por exemplo a azaléia e o bico-de-papagaio.

            Aqui vai uma lista de algumas flores comestíveis:

            :Agave americana. É uma planta americana e sua florescência demora entre 20 e 30 anos. É cultivada no México desde 1561 e lá suas flores são comidas com tortilhas. Sua seiva, fermentada, dá o pulque, bebida que é destilada para originar a tequila e o mescal.

            Allium schoenoprasum. É a popular cebolinha, chives.

            Aloysia citridora Palau. A verbena-limão. Suas flores são muito usadas para aromatizar vinhos, recheios, aves, conservas e sobremesas, além do seu uso em vários licores franceses.

            Athaea rósea. De origem chinesa, é chamada de rosa-de-Jericó. Suas flores são grandes e as cor pode ser branca, amarela, vermelha ou cor de vinho tinto. É usada em saladas.

            Anthemis tinctoria. A camomila amarela. Dá no sul e centro da Europa e a floração ocorre entre julho e outubro. Faz-se com ela, principalmente, chás e geléias.

            Anthemis graveolens. É o endro, ou aneto, que os ingleses chama de drill. As flores são usadas como tempero de picles ou de pepino em conserva.

            Averroha carambola. Nossa carambola. As flores são usadas em salada. O suco da fruta é bom para beber e para tirar manchas das mãos e das roupas. Foi introduzida no Brasil em Pernambuco, em 1817, pelos portugueses, trazida da Índia, mas sua origem é provavelmente africana. De seu fruto verde também é feito picles.

            Bauhinia purpurea. Suas flores são grandes e a coloração é vermelha ou rósea. Geralmente é comida em saladas ou como acompanhamento de peixe, especialmente do atum.

            Borago officinalis. Popularmente, a borragem ou borrago.. As flores, frescas, têm m tom azula e quando começam a ficar passadas vão ficando rosadas. A origem é o Mediterrâneo e o sabor lembra o pepino. Os antigos acreditavam que comer borrago tinha um efeito mágico sobre o corpo e o espírito, tornando as pessoas alegres e felizes.

            Calendula officinalis. É a calêndula. Suas pétalas são misturadas ao arroz, à sopa, ao peixe, a queijos, iogurtes e nos omeletes, dando cor igual á do açafrão. Também se usa como corante de queijo e manteiga.

            Crocus sativus. É o chamado açafrão verdadeiro, uma planta caríssima porque para ter um quilo precisamos colher o pistilo de 100 mil flores… É usado há séculos em molhos, aves e no arroz.

            Curcubita pepo Duchesne. É a nossa abóbora. Podemos comer suas flores, fritas, empanadas em ovo e farinha, ou recheada de queijo forte. Ou ainda em sopa. A flor é a famosa cambuquira.

            Dianthus cayophyllus. É nossa conhecida cravina. Serve para saladas, tortas de frutas, sanduíches, para aromatizar vinagres, geléias, açúcar e vinho. Quando açucaradas servem para enfeitar bolos. Seu corante é muito usado em confeitaria.

            Hellanthus annuus. O famoso girassol. Os botões são cozidos e servidos como aspargos. As flores vão nas saladas. Era cultivada no norte do México há mais de 3 mil anos e muito considerada.

            Myrtus communis. É a murta e suas pétalas cabem muito bem numa salada de frutas.

            Pelargonium capitatum. Gerânio. Muito usado em saladas.

            Tabebuia impetiginosa. Ipê roxo. Como o ipê rosa, suas flores também são comestíveis. É originário da Mata Atlântica, onde floresce de maio a setembro.

            Tropaealum majus. Capuchinho ou chaguinha. As flores são vistosas, amarelas e vermelhas. Começaram a ser usadas como comida no Oriente. As flores, as folhas e as sementes têm gosto apimentado.

            Viola odorata. A violeta verdadeira (não é a violeta africana, encontrada nas floriculturas). Quando fresca é usada em saladas; cristalizada é usada na decoração de bolos e sorvetes.

            Flores comestíveis não são uma novidade na China, no Japão, na Indonésia, na índia, no Paquistão e seu uso também é antigo em grande parte da Europa e da África.

            O ideal é comprar flores comestíveis com produtores que exibem o selo da Associação de Agricultores Orgânicos (AAO), porque eles produzem sem agrotóxicos, em estufas protegidas e com irrigação adequada e bom cuidado de higiene. Suas flores são transportadas em caminhão refrigerado e em caixas de isopor. Para conservar melhor.

            Um dos melhores pratos com flor é o risoto de prímula, uma flor pouco usada na gastronomia brasileira, mas muito conhecida na Itália porque faz parte do famoso risoto de pétalas de prímula, que originalmente acompanha a tagliata de filet mignon e batata crocante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: